Sábado, 22 de Dezembro de 2007

A Vida de Fidel Castro

1.Deus fez o mundo em 6 dias, Fidel Castro levou mais de 40 anos para destruir uma parte dele.
2.Fidel Castro joga par ou impar com o espelho, escolhe par e perde, depois manda quebrar todos os espelhos de cuba pois são produtos de extrema direita.
3. Uma vez Fidel Castro governou o planeta Marte. Essa é a razão de não existir vida lá.
4.Biólogos afirmam que os pinguins eram aves originárias de cuba, e que resolveram migrar para antártida depos que Fidel Castro chegou ao poder.
5. Em Cuba não existe papel higiênico porque os jornais cubanos que falam bem de Fidel Castro curam hemorróidas.
6. Quando alguém diz que "ninguém é perfeito", Fidel Castro leva como uma ofensa pessoal.
7. Se o filme "60  Segundos" fosse com Fidel Castro, chamaria-se "43 anos"
publicado por 88portugal86 às 21:49
link | favorito

Paisagens de Portugal (4)

publicado por 88portugal86 às 14:48
link | favorito
Sexta-feira, 21 de Dezembro de 2007

Paisagens de Portugal (3)

publicado por 88portugal86 às 21:47
link | favorito

ZOG em Coruche

A Assembleia Municipal de Coruche chumbou a reposição do busto do major Luiz Alberto de Oliveira, ministro da Guerra de Salazar. A iniciativa de "homenagear um homem que tanto fez pela sua terra" partiu do "Jornal de Coruche", que promoveu uma petição assinada por cerca de 1300 pessoas. Para o director da publicação, Abel Matos Santos, este resultado significa "a vitória da ignorância e do medo". Já o líder da bancada da CDU, que representa a maioria na Assembleia, Armando Rodrigues, espera que "este episódio termine aqui".

Abel Matos Santos procurava com esta acção "repor a justiça", uma vez que "foi o major quem mandou construir as pontes do Monte da Barca a Coruche, as escolas primárias e o primeiro saneamento básico, entre outras obras". E garantiu que não havia qualquer intenção política ou partidária. Para a CDU, que se mostrou desde o início do processo totalmente contra a reposição do busto, a Câmara (PS) é que deveria ter discutido o assunto. Armando Rodrigues entende, apesar disso, que "venceu a democracia e perdeu a Extrema-direita". "Não se pode estar com Salgueiro Maia e com um ministro de Salazar", conclui.
FONTE:Jornal de Noticias
publicado por 88portugal86 às 16:54
link | favorito

Presentes para o Natal


Durante 35 anos, Maria da Conceição Rita privou com António de Oliveira Salazar. Nenhum laço familiar os unia, mas com apenas seis anos, Micas, como Salazar carinhosamente a chamava, foi viver para a residência do «Senhor Doutor», por intermédio da sua familiar (por afinidade) Maria de Jesus Freire, a governanta de Salazar. Na primeira pessoa, a pupila de Salazar conta-nos os gostos gastronómicos do seu «protector», descreve o seu quotidiano até agora desconhecido, evoca as fábulas que o Presidente do Conselho lhe contava ao adormecer, recorda tanto as lições de tabuada e História como as raras confissões políticas que ele lhe fazia em passeios nocturnos pelos jardins de São Bento, explica a forma como a economia doméstica de São Bento era dirigida.
Durante 35 anos, Maria da Conceição Rita privou com António de Oliveira Salazar. Nenhum laço familiar os unia, mas com apenas seis anos, Micas, como Salazar carinhosamente a chamava, foi viver para a residência do «Senhor Doutor», por intermédio da sua familiar (por afinidade) Maria de Jesus Freire, a governanta de Salazar. Na primeira pessoa, a pupila de Salazar conta-nos os gostos gastronómicos do seu «protector», descreve o seu quotidiano até agora desconhecido, evoca as fábulas que o Presidente do Conselho lhe contava ao adormecer, recorda tanto as lições de tabuada e História como as raras confissões políticas que ele lhe fazia em passeios nocturnos pelos jardins de São Bento, explica a forma como a economia doméstica de São Bento era dirigida.Um livro para oferecer a amigos e familiares neste Natal.
publicado por 88portugal86 às 16:42
link | favorito

D.Manuel I

Foi rei do período de ouro de Portugal. No reinado de D. Manuel I descobriu-se o caminho marítimo para a Índia e o Brasil e assegurou-se o controlo das rotas comerciais do oceano Índico e de todo o golfo Pérsico. Foi o rei a quem se associou um estilo artístico - o Manuelino. Reformador, hábil, ambicioso e pacificador, “o Venturoso” foi no seu tempo, o rei  mais prestigiado na Europa e no mundo. Geriu o primeiro império intercontinental do mundo,o império foi o primeiro a estar presente em 4 continentes .Rei extraordinário da dinastia de Avis, D. Manuel I dirigiu Portugal na sua época mais gloriosa. Criou um império nascido do mar e tornou-se num dos soberanos mais ilustres da Europa. O 14.º rei de Portugal nasceu na vila de Alcochete em 31 de Maio de 1469. Era filho do infante D. Fernando, filho do rei D. Duarte, duque de Viseu e de Beja, e de D. Beatriz, filha do infante D. João. D. Manuel sucedeu ao primo direito, o rei D. João II, em 1495. Cognominado “o Venturoso” ou “o Felicíssimo”, devido aos acontecimentos vitais que ocorreram durante o seu reinado, sobretudo as descobertas do caminho marítimo para a Índia e do Brasil. Persistente, trabalhador e com habilidade notável, D. Manuel “procurou sistematicamente demonstrar à Europa que era capaz de fazer coisas que nenhum europeu o era desde o tempo dos Romanos ou dos Gregos
publicado por 88portugal86 às 13:54
link | favorito

Lenine e Bush

publicado por 88portugal86 às 11:32
link | favorito
Quinta-feira, 20 de Dezembro de 2007

Bloco de Esoeerda

   
publicado por 88portugal86 às 20:08
link | favorito

Os Alemães em Portugal 1933-1945

Os alemães em Portugal
1933-1945

Reinhard Schwarz O presente volume constitui uma tentativa de apresentar através das suas instituições o período conturbado da colónia alemã entre 1933 a 1945. Esse período de tempo, bastante breve mas recheado de acontecimentos, foi cunhado em diferentes medidas pela força motriz do Partido Nacional-Socialista e pela sua representação em Portugal, que moldou — muito mais do que geralmente se supõe — a actividade alemã em Portugal.
Nacional-Socialismo e III Reich foram e são motivo de inúmeras publicações. O fenómeno propriamente dito e as áreas da vida cotidiana impregnadas do espírito do movimento revolucionário do Nacional-Socialismo, que encarnava e proclamava uma visão do mundo e da vida, contribuiu largamente para isso.
Também no interior das colónias alemãs no estrangeiro a nova força política logrou impor-se e implantar-se definitivamente, apesar da relação numérica dos membros do Partido e do número total de alemães ser exígua em alguns casos.
FONTE:Antília Editora
publicado por 88portugal86 às 15:02
link | favorito

Paisagens de Portugal (2)

publicado por 88portugal86 às 14:42
link | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

.Maio 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
14
16
17
18
23
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Mudança de Endereço.

. A barbaridade do preço da...

. Portugal na era de Salaza...

. Carta de um Aluno ao Prof...

. Brasileiros em Portugal

. Pequena Lista de Judeus C...

. Oliveira Salazar

. 13 de Maio

. Mário Machado em liberdad...

. Downloads de Músicas

. Bilderberg 2008 (1): Ace...

. Final War - RaceLand

. Salazar e as finanças

. Sieg Heil

. Mãe

. Ódio - Dentro do Estádio

. O verdadeiro Eixo do Mal

. Islão em Portugal

. our symbol is death

. 28 de Abril - Aniversário...

. 28 de Abril - Aniversário...

. Os Judeus Falam

. Sieg Heil

. Holokit

. 25 de Abril

. Conquistas De Abril

. Capitães de Abril

. Dar cachaporra na socieda...

. Núcleo de Estudos Oliveir...

. Israel

.arquivos

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds